General Motors cortará 25 mil empregos nos EUA até 2008

A General Motors pretende reduzir em 25 mil ou mais o seu nível de emprego na área manufatureira na América do Norte até 2008. O objetivo é trabalhar com a totalidade de sua capacidade produtiva, por isso a empresa pretende fechar fábricas de componentes e linhas de montagens adicionais nos próximos anos. Essas medidas devem representar uma economia anual de cerca de US$ 2,5 bilhões, de acordo com o presidente e executivo-chefe da empresa, Rick Wagoner. As ações da empresa abriram em alta de 1,58% na Bolsa de Nova York. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.