carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Genoíno encerra viagem à China com elogio ao país

O modelo econômico chinês é um fenômeno que precisa ser estudado, compreendido e levado em conta seriamente pelas esquerdas brasileiras. A avaliação é do presidente nacional do PT, José Genoíno, em visita de cinco dias à China, a ser encerrada amanhã. O presidente do PT elogiou os resultados da política de abertura e de reforma econômica chinesa iniciada em 1978."O modelo econômico chinês tem que ser profundamente estudado. Nós encontramos um país que vem mantendo as melhores taxas de crescimento, as maiores reservas cambiais do Mundo e um sentido de unidade muito forte, dentro de uma diversidade étnica e de um potencial de mobilização muito grande", disse o presidente do PT para a Agência Estado hoje em Xangai. Sobre a visita do presidente Lula, Genoíno disse que há expectativa "da assinatura de grandes acordos comerciais e na área da ciência e tecnologia". Ressaltou o papel e a popularização da ciência e tecnologia por intermédio dos museus. Segundo o ex-parlamentar, a opção por um projeto nacional e a busca de caminho próprio faz com que a China invista na divulgação da ciência. Ele elogiou a política industrial do país, a qual reforça a idéia do PT e do governo de incentivar desenvolvimento das cadeias e das forças produtivas e da microeconomia, bem como de respeitar as realidades regionais.Acordo com PC ChinêsO ex-deputado também falou sobre o acordo do PT e o PC Chinês e ressaltou o fato de o PT se comportar de forma madura ao assinar um acordo de cooperação com o PC chinês, pois isso permitirá uma permanente troca de idéias, com base no respeito mútuo e no respeito das diferenças, mas sem dúvida isto aproximará ainda mais a relação entre os governos dos dois países.

Agencia Estado,

27 de abril de 2004 | 14h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.