Genro: atendimento ao cliente melhorou após decreto

O ministro da Justiça, Tarso Genro, avaliou hoje que as empresas melhoraram o atendimento aos clientes depois da edição de decreto 6.523/08, que regulamentou o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). "Depois desse decreto, dezenas de empresas no País melhoraram bastante sua qualidade de atendimento", avaliou. "Algumas estão aplicando 100% o decreto, outras 80%, mas há algumas, como estas em particular (Claro e Oi Brasil Telecom), que não estão cumprindo o decreto", acrescentou, ao ser questionado sobre a ação movida pela União, Ministério Público e Procons contra as duas empresas. As duas são os casos "mais graves" de descumprimento das exigências, considerou o ministro. Tarso tem audiência prevista para a amanhã com o presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco.

SANDRA HAHN, Agencia Estado

10 de agosto de 2009 | 15h13

Além desta ação, Tarso lembrou que sua pasta abriu um processo administrativo para investigar possível conduta anticompetitiva por parte de administradoras de cartões de pagamento. O ministério divulgou, na semana passada, que o objeto do procedimento é a relação de exclusividade existente entre o grupo Visa e a VisaNet do Brasil, que faz com que a VisaNet seja a única credenciadora de estabelecimentos comerciais para aceitar cartões de pagamento Visa. O ministro participou hoje, em Porto Alegre, do lançamento de programa de prevenção ao uso de drogas, que começará por cinco regiões metropolitanas, incluindo a capital gaúcha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.