Gerdau pode implantar laminador de chapas grossas em MG

O presidente do Conselho de Administração do grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, manifestou hoje ao governador de Minas Gerais Aécio Neves a intenção do grupo de instalar um novo laminador de chapas grossas na unidade de Ouro Branco, cidade da região central de Minas. O executivo, que esteve reunido com o governador no final da manhã de hoje, deixou o Palácio das Mangabeiras sem falar com a imprensa.Mas de acordo com a assessoria do governo mineiro, o projeto que está sendo estudado pela companhia deverá demandar investimentos de R$ 1,5 bilhão com capacidade para a produção de 1 milhão de toneladas/ano. A partir de agora, conforme a assessoria, o projeto será analisado pelas áreas técnicas da própria Gerdau e do governo para verificar a viabilidade da proposta.Segundo a assessoria da Gerdau, porém, o aporte previsto para o novo laminador é de US$ 400 milhões. O restante seriam outros investimentos na planta que ainda estão sendo detalhados. O equipamento deverá ter uma capacidade instalada para a produção de 870 mil toneladas/ano de chapas grossas, com previsão de operação em 2010. O produto é utilizado principalmente na construção de navios, tubos e obras de infra-estrutura e atualmente só é fabricado no Brasil pela Usiminas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.