Gerentes de bancos proibidos de deixar a Argentina

A Justiça argentina proibiu hoje os gerentes e diretores de cinco bancos - Sudameris, Boston, Galícia, Scotia e Citybank - de deixarem o país. A decisão do juiz de instrução, Mariano Bergés, foi anunciada esta manhã e está vinculada com uma investigação que ele está fazendo pelo delito de fraude, denunciada por um senhor de idade que foi impedido de retirar sua aplicação de US$ 15 mil dólares, em prazo fixo, que estava depositado no banco Sudameris. Os cinco bancos sofreram uma "batida" judicial e policial na última sexta-feira em busca de documentação sobre o assunto.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.