Gigante de brinquedos nos EUA será comprada por consórcio

A Toys R. Us, segunda maior fabricante de brinquedos dos Estados Unidos, aceitou a oferta de compra feita por um grupo de investidores. O valor da negociação, de US$ 5,75 bilhões, surpreendeu o mercado. O anúncio da operação, feito nesta quinta-feira, acontece sete meses depois que a companhia revelou que gostaria de negociar sua área minoritária de jogos. No mercado de brinquedos, a Toys R. Us fica abaixo apenas da gigante do varejo Wal Mart.O consórcio interessado na fabricante de brinquedos é formado pelas empresas Kholberg Kravis Roberts & Co (KKR), Bain Capital e Vornado Realty Trust. A finalização do negócio deve acontecer até o final de julho. A operação ainda depende da aprovação da agência reguladora e dos acionistas da própria empresa. A Toys R. Us é uma companhia aberta desde 1978. No ano passado, a Toys R. US acumulou vendas de US$ 11,5 bilhões. A fabricante de brinquedos possui 681 lojas nos Estados Unidos, 218 lojas Babies R. Us, e 601 lojas internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.