Divulgação
Divulgação

Gina faz planos após sucesso no Facebook

Gina Indelicada, perfil criado por estudante, faz a marca de palitos pensar em novos produtos 

Lílian Cunha, de O Estado de S. Paulo,

24 de agosto de 2012 | 23h12

SÃO PAULO - Familiar, fundada há mais de seis décadas e com os mesmos produtos desde o século passado, a Palitos Gina, de Itatiba (SP), não tinha nada de digital - até esta semana. "Na quarta-feira, um amigo me ligou e disse que tinha um perfil no Facebook da Gina com mais de um milhão de seguidores", diz Alfredo Rela Neto, presidente do conselho da companhia.

A descrição do próprio Gina Indelicada já diz tudo sobre o perfil: "Pergunte o que quiser e eu responderei como EU quiser". Criado em 14 de agosto pelo estudante de publicidade Ricck Lopes, de 19 anos, de São Paulo, a página do Facebook traz perguntas de internautas respondidas pela moça loira que ilustra a caixa de palitos desde os anos 70. São pérolas como: "Gina, me fala uma parada que você não curte." Ela responde: "Respiratória".

A princípio, a reação dos sócios da empresa - todos netos dos fundadores - foi proteger a marca, que é registrada. "Mas logo a ideia de um processo foi deixada de lado, porque vimos que era uma brincadeira que estava gerando exposição positiva para a marca", diz Rela Neto.

A Palitos Gina, que nunca apareceu tanto na mídia, não demorou a agir: contratou uma assessoria de imprensa e destacou uma equipe para entrar em contato com Ricck Lopes. "Tínhamos um site e só. Praticamente podíamos dizer que estávamos totalmente fora do mundo digital. Mas, de repente, esse menino mudou tudo. Queremos conversar e ver que projetos podemos desenvolver juntos", diz o executivo da companhia que fabrica, além de palitos, espetinhos para churrasco e, como ele diz, "os melhores prendedores de roupa de madeira do Brasil".

A exposição gerada por artigos em sites e outros meios de comunicação, segundo Rela Neto, é uma oportunidade única. "Essa história deu tamanha turbinada na companhia que pode até abrir portas para novas oportunidades de negócios", diz. "Estamos receptivos a quem quiser conversar com a gente sobre novos produtos com a marca Gina, que é muito forte no mercado."

Rela Neto é, como diz seu nome, neto do fundador da empresa, o filho de italianos Alfredo Rela, que, junto com a esposa, Rosa Del Nero Rela, e irmãos, abriu a empresa em 1947.

"Gina era o apelido de minha avô Rosa, dado por seus filhos, que a achavam tão bonita quanto a atriz Gina Lollobrigida", conta Rosângela Rela, diretora da empresa e irmã de Alfredo Neto. "Ela faleceu aos 64 anos, em 1964", acrescenta a executiva. A moça loira da caixinha de palitos é a ex-modelo publicitária paulista Zofia Burk, que na década de 70 fazia comerciais de xampu, maquiagem e sabão em pó. Zofia, de "60 e poucos anos", mora em São Paulo e é uma das 1,2 milhão de pessoas que curtiu o Gina Indelicada.

A família Rela diz que é cedo para falar em aumento de vendas gerado pelo Gina Indelicada. "Mas algumas pessoas me contaram que foram ao supermercado, viram a Gina sorrindo para elas na prateleira e compraram pelo menos uma caixinha", diz Rela Neto.  

Tudo o que sabemos sobre:
Palitos GinaFacebookGina Indelicada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.