Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Giro mantém o dólar em baixa

Apesar da fuga de dinheiro estrangeiro no País, o dólar tem se mantido no menor nível dos últimos anos, na casa de R$ 1,577 (ontem). Uma das explicações, dizem analistas, é que parcela dos recursos que deixaram a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tem sido destinada ao mercado de renda fixa, especialmente o de títulos públicos. Detalhe: para deixar o mercado de renda variável e entrar em renda fixa, o investidor precisa retornar o capital ao país de origem e apenas depois ingressar aqui. A atratividade desse mercado ganhou ímpeto com o ciclo de aperto monetário adotado pelo Banco Central em abril. De lá pra cá, a instituição já elevou a taxa de juros do País em 1,75 ponto porcentual, para 13% ao ano. A taxa de juro real, descontada a inflação dos próximos 12 meses, é a maior do mundo, de 7,2%.

O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.