JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

Gisele Bündchen é auditada pela Receita Federal dos EUA

Após aparecer pela sétima vez na lista das modelos mais bem pagas do mundo, a top model brasileira foi chamada para justificar ganhos

14 de abril de 2014 | 16h59

SÃO PAULO - A brasileira Gisele Bündchen, a modelo mais bem paga do mundo há sete anos pelos cálculos da revista Forbes, revelou ter sido auditada pela Receita Federal dos Estados Unidos por liderar lista.

"É triste, as pessoas que escrevem essas coisas não têm os detalhes da minha conta bancária", afirmou, em tom de brincadeira, em entrevista ao site New York Post.

"Eu ganho muito, mas não tanto quanto eles dizem. Já fui auditada pela Receita Federal por causa dessa lista, e, sinceramente, se eu estou na lista ou não, não me interessa", declarou a supermodelo brasileira à revista Vogue na sexta-feira.

Na entrevista, Gisele disse que leva uma vida normal. "Tenho os mesmos interesses, a mesma vida do dia-a-dia, como qualquer mulher. Quero criar meus filhos bem, ser uma boa esposa e trabalhar. Isso é o que valorizo: meus filhos educados, meu marido feliz. Espero que as pessoas sintam essa energia positiva de mim."

A lista da Forbes, diz a reportagem da Vogue, considera as campanhas publicitárias, parcerias e participações das modelos em eventos para apontar ganhos e fazer o ranking das mais bem remuneradas.

Tudo o que sabemos sobre:
GiseleReceita Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.