GM abre Programa de Demissão Voluntária

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, em São José dos Campos (SP), a direção da GM do Brasil informou o Sindicato dos Metalúrgicos que abrirá um Programa de Demissões Voluntárias (PDV), com início amanhã. O programa será encerrado no dia 5 de junho.O sindicato informa, em nota, que vai se opor a qualquer demissão ou redução de postos de trabalho na montadora. Novos protestos, como atrasos na entrada dos turnos, deverão ser realizados esta semana, a exemplo dos que ocorreram nos últimos dias.O PDV prevê pagamentos de três a seis salários adicionais conforme o tempo de casa do funcionário. Quem tem de um a quatro anos na empresa receberá três salários. Pessoas com 23 anos de emprego receberão seis vencimentos. A montadora pretende cortar 960 dos mais de 4 mil postos de trabalho da unidade do Vale do Paraíba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.