GM afirma ter liquidez suficiente para o ano

O executivo-chefe da montadora americana General Motors (GM), Rick Wagoner, afirmou hoje que a companhia tem liquidez suficiente para este ano e várias opções de financiamento depois disso, de acordo com a agência Reuters, citada pela Dow Jones. "Como já dissemos antes, temos uma base de financiamento muito boa, e sólida em qualquer cenário que vislumbremos, ao longo deste ano", declarou.Hoje, as ações da GM caíram para o pior nível desde 1974 durante pregão em Nova York. Em relatório, o banco de investimento Goldman Sachs rebaixou a recomendação para as ações da montadora de "neutra" para "vender" e reduziu o preço-alvo dos papéis de US$ 16,00 para US$ 11,00. Segundo o banco, a redução da estimativa deve-se à crença de que "o fluxo de caixa que a GM utilizará neste e no próximo ano provavelmente obrigará a companhia a levantar capital, o que pode levar a forte diluição para os acionistas e a um corte nos dividendos". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.