R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

GM anuncia adesão de 7,5 mil ao PDV nos EUA

A General Motors anunciou a adesão de 7.500 funcionários a seu plano de demissões voluntárias (PDV) nos Estados Unidos. A maioria deles deixará a companhia até o próximo dia 1º de abril. Os funcionários são membros da United Auto Workers (UAW), sindicato dos trabalhadores do setor.

ANA CONCEIÇÃO, Agencia Estado

26 de março de 2009 | 13h25

"Esses funcionários dedicaram muitos anos de serviços à General Motors e eu gostaria de agradecê-los por tudo que fizeram pela companhia", afirmou o vice-presidente de Relações Trabalhistas, Gary Cowger, por meio de um comunicado. "Este é outro exemplo do compromisso da GM em executar seu plano de viabilidade. Ainda há muito a fazer, mas o programa de demissões voluntárias, junto com outras ações difíceis, mas necessárias, tomadas nos últimos meses, ajudarão a assegurar a viabilidade e o sucesso futuro da General Motors", afirmou o executivo.

Desde 2006, cerca de 53 mil funcionários deixaram a empresa, número elevado para 60,5 mil hoje. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
montadorasGMdemissões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.