finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

GM anuncia demissão voluntária em fábrica de SP

A General Motors (GM) do Brasil anunciou hoje que abriu um novo Programa de Demissão Voluntária (PDV) para os empregados mensalistas, que são aqueles ligados à área administrativa, e horistas, da linha de produção, da fábrica de São José dos Campos, no interior de São Paulo. Procurada, a GM não informou quantas vagas deverão ser fechadas no País.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

18 de outubro de 2011 | 17h38

Em nota, a GM afirmou que a decisão para o programa ocorreu por conta da "intensa competitividade do mercado brasileiro de automóveis, além dos crescentes custos de mão de obra, matérias-primas e insumos em geral, além de uma concorrência assimétrica gerada entre outros fatores por uma guerra cambial". Com isso, a montadora afirmou que espera assegurar a "continuidade de seus projetos futuros de forma sustentável e competitiva".

A montadora possui 25 mil empregados no Brasil, sendo 8.907 na unidade em São José dos Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
veículosGMdemissão voluntária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.