GM cancela cortes salariais nos EUA

A General Motors cancelou os cortes salariais temporários para sua equipe, incluindo diversos executivos, informou ontem uma porta-voz da companhia. A montadora americana fez reduções salariais em maio deste ano, para conservar caixa. Os cortes variavam entre 3% e 10% e trouxeram economia de US$ 50 milhões à empresa. A decisão vem em um momento em que a GM planeja eliminar mil funcionários de sua folha de pagamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.