GM corta margem de concessionárias e lança campanha

A General Motors deve lançar, na próxima semana, uma nova campanha publicitária para oferta de garantia de 60 dias, com devolução de dinheiro, para quem comprar veículos novos. O presidente do Conselho de Administração da montadora, Ed Whitacre, deve participar dos anúncios, afirmaram fontes com conhecimento dos planos.

Reuters, O Estadao de S.Paulo

11 de setembro de 2009 | 00h00

A GM também vai cortar a margem de lucro de suas concessionárias nos EUA em meio ponto porcentual. O chefe de vendas da GM para a América do Norte, Mark LaNeve, vem informando as concessionárias sobre a campanha e as mudanças de preço, que foram aprovadas na reunião do Conselho realizada esta semana.

Partes da nova campanha publicitária já foram divulgadas, mas não estava claro como a GM iria compensar as dezenas de milhões de dólares que a nova medida deve acrescentar às despesas com publicidade.

LaNeve disse às concessionárias que, embora as mudanças reduzam suas margens, devem esperar maiores vendas em 2010, com a recuperação do mercado americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.