GM fecha 1º trimestre com prejuízo de US$ 3,25 bi

A General Motors (GM) registrou prejuízo de US$ 3,25 bilhões no primeiro trimestre do ano, ante um lucro líquido de US$ 62 milhões no mesmo período do ano passado. A montadora americana informou que sua receita total foi de US$ 42,7 bilhões, abaixo dos US$ 43,4 bilhões do primeiro trimestre de 2007. Excluindo encargos, o prejuízo da GM ficou em US$ 350 milhões no trimestre, contra prejuízo ajustado de operações continuadas de US$ 10 milhões nos primeiros três meses do ano passado.O resultado líquido do primeiro trimestre reflete itens especiais desfavoráveis num total de US$ 2,9 bilhões. Os encargos incluem US$ 1,45 bilhão da redução parcial de capital não financeiro relativo à participação da GM na GMAC, braço financeiro da montadora. A companhia também registrou encargo não financeiro de US$ 731 milhões relativo a obrigações ligadas ao apoio dado à sua fornecedora Delphi. A participação de 49% na GMAC resultou para a GM num prejuízo trimestral ajustado antes de impostos de US$ 276 milhões.A montadora informou que o lucro antes de impostos de suas operações automotivas globais aumentou para US$ 392 milhões, contra US$ 231 milhões no primeiro trimestre do ano passado. Na América do Norte, as operações automotivas da GM tiveram prejuízo antes de impostos de US$ 611 milhões, contra um prejuízo ajustado antes de impostos de US$ 269 milhões no período de janeiro a março do ano passado. Segundo a GM, a receita fora da América do Norte aumentou mais de 20%, com forte expansão na China, no Brasil, na Rússia e na Índia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.