GM financia carros em 12 vezes sem juros

No desespero de desovar estoques, as montadoras estão apelando para promoções inéditas no mercado. A General Motors inicia hoje campanha nacional envolvendo todos os modelos da marca que serão oferecidos em 12 parcelas sem juros. A empresa tem 35 mil carros encalhados e decidiu subsidiar a venda financiada na tentativa de levar o consumidor às lojas. O vice-presidente da General Motors, José Carlos Pinheiro Neto, disse ontem que, diante da "paradeira total do mercado, não podemos ficar esperando uma reação, e sim criar o momento". Segundo ele, é a primeira vez que uma montadora oferece um produto financiado em 12 parcelas com juro zero. A entrada mínima exigida é de 35% do valor do carro. Antes, a taxa média estava na casa de 2%. A promoção vai até o fim do mês e é similar à desenvolvida pela matriz nos EUA.O preço do produto pode ser negociado com as lojas e o consumidor deve barganhar descontos. Outras marcas também oferecem promoções, como a Volkswagen, que tem 60 mil carros encalhados. Os descontos para carros da marca variam de R$ 300 a R$ 2,5 mil. As taxas de financiamentos vão de 1,54% a 1,79% ao mês. Para modelos mais caros, como Golf e Bora, o cliente ainda ganha o ar-condicionado."O consumidor precisa estar atento ao valor negociado, pois ninguém faz milagre. Dinheiro na mão sempre é a melhor alternativa, pois é possível obter desconto maior", ressaltou o gerente de Marketing da Volks, Luiz Muraca. A Fiat vende Palio Young e EX em até 24 parcelas com juro de 0,99% e entrada de 50% do valor do carro.Estoques altos e vendas baixasDe acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), os estoques do setor passam de 200 mil unidades, suficientes para quase dois meses de vendas. A entidade já reviu sua projeção de vendas para o ano, que baixou de 1,7 milhão para 1,6 milhão de veículos. Há empresas apostando em números menores, como a General Motors, que prevê a comercialização de 1,5 milhão de veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.