GM Holden anuncia recall do Chevrolet Omega no Brasil

Cerca de 86 mil veículos serão reconvocados por risco de vazamento de combustível do motor

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

08 de janeiro de 2008 | 08h14

A montadora australiana GM Holden anunciou o recall de 86 mil carros vendidos na Austrália, Oriente Médio, Nova Zelândia e Brasil, por causa do risco de vazamento de combustível do motor (o que poderia provocar um incêndio), de acordo com o porta-voz do grupo, John Lindsay.     Veja mais:  Honda convoca recall de motos modelo CBR 1000RROs carros produzidos pela subsidiária da General Motors (GM) entre 2006 e 2007 são conhecidos na Austrália e Nova Zelândia como VE Commodore e WM Commodore, como Chevrolet Lumina e Chevrolet Caprice no Oriente Médio e como Chevrolet Omega no Brasil, acrescenta o porta-voz.A variação do modelo vendida nos EUA, o Pontiac G8, não entrou para o recall por ter um desenho interno diferente.Segundo Lindsay, o recall representa apenas uma precaução para evitar um possível vazamento sob o capô que poderia ser provocado pelo atrito de uma linha de combustível contra uma mangueira adjacente. "As chances disso acontecer são muito baixas, mas obviamente estamos optando pelo excesso da precaução", observou.A companhia revelou que vai cobrir os custos dos reparos, mas se recusa a informar o montante envolvido na questão. O recall inclui 53 mil carros vendidos na Austrália, 27 mil no Oriente Médio, 5 mil na Nova Zelândia e 784 no Brasil. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.