bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

GM não utilizará ajuda dos EUA em projetos no Brasil

Segundo montadora, investimentos no País no valor de US$ 1 bilhão estão financiados por fontes locais

Efe,

10 de fevereiro de 2009 | 03h16

A General Motors (GM) negou nesta segunda-feira, 9, categoricamente que usará parte da ajuda que o governo americano forneceu à montadora em investimentos no Brasil para melhorar suas operações. "As afirmações de que a General Motors planeja investir US$ 1 bilhão da ajuda federal americana em suas operações brasileiras são totalmente errôneas e não têm nenhuma base", afirmou a companhia em comunicado enviado à Agência Efe. "Nenhum dinheiro do empréstimo do governo dos Estados Unidos será destinado a investimentos no Brasil. No caso do Brasil, a GM deve realizar investimentos no valor de US$ 1 bilhão que foram anunciados nos últimos dois anos", acrescentou a montadora no comunicado. "Estes investimentos estão totalmente financiados por fontes locais. As operações da GM no Brasil são auto-financiadas", conclui a nota. Em novembro de 2008, um jornal brasileiro publicou uma informação do presidente da General Motors no Brasil, Jaime Ardila, nas quais explicava que o US$ 1 bilhão a ser investido no Brasil procedia de recursos gerados pela empresa no próprio país. No entanto, essa informação foi recolhida equivocadamente devido a um problema de tradução por diferentes meios, que deram a entender que os fundos procederiam das ajudas federais concedidos à por Washington.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.