carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

GM promete carro híbrido com consumo de 98 km por litro

Empresa afirma que vai colocar o Volt no mercado americano já no ano que vem

AP, DETROIT, O Estadao de S.Paulo

12 de agosto de 2009 | 00h00

A General Motors anunciou ontem que seu novo carro híbrido, o Chevrolet Volt, com baterias recarregáveis, poderá fazer 98 quilômetros por litro de gasolina na cidade, quatro vezes mais do que o híbrido - que funciona com eletricidade e gasolina - mais vendido atualmente, o Toyota Prius.O Volt utiliza um motor elétrico e um grupo de baterias com autonomia de 65 quilômetros. Depois disso, um pequeno motor de combustão interna é acionado para gerar eletricidade, e o carro pode chegar a fazer 480 quilômetros antes de as baterias serem recarregadas, numa tomada padrão.A GM chegou aos 370 quilômetros por galão de gasolina (o que equivale a 98 quilômetros por litro)durante testes em que adotou as diretrizes da Agência de Proteção Ambiental (EPA) para calcular a quilometragem de veículos movidos a eletricidade, disse Tony Posawatz, diretor da linha de produção do Volt. A montadora já produziu cerca de 30 modelos Volt até agora e está fabricando 10 por semana, disse o presidente executivo da empresa, Fritz Henderson, na apresentação do veículo no centro técnico da companhia em Warren, subúrbio de Detroit.Segundo Henderson, para carregar o Volt serão necessários apenas quarenta centavos de dólar por dia. "O selo da EPA pode e deverá mudar o jogo em nosso favor", disse ele. A agência cola nos carros adesivos indicando o consumo de combustível e, se confirmados os números anunciados pela GM, o Volt será o híbrido mais econômico do mundo. Muitas montadoras estão trabalhando com projetos similares, mas a GM poderá se tornar a líder no segmento com o Volt, que deve ser comercializado em 2010. O Prius da Toyota, o carro mais econômico vendido hoje nos Estados Unidos, faz 20 quilômetros por litro de gasolina. É um híbrido movido a eletricidade e gasolina que utiliza um pequeno motor de combustão interna, auxiliado por um motor elétrico a bateria para economizar gasolina.A primeira geração do Volt deve custar US$ 40 mil, um valor proibitivo para muita gente, mesmo se a gasolina voltar a quatro dólares o galão. O preço deverá cair para as próximas gerações do carro, mas, segundo a GM, os créditos fiscais do governo americano e a economia de combustível vão torná-lo um carro econômico."Somos um pouco cautelosos quanto a previsões sobre os preços do combustível", disse Posawatz. "Chegamos a este dado e, se o preço do combustível subir, com certeza o carro ficará ainda mais atraente, mesmo na geração mais próxima", disse.No caso do Volt, a quilometragem na estrada, e na cidade e estrada combinadas, não foi calculada ainda. Mas deve alcançar bons números também, disse Posawatz. O número de quilômetros por litro, porém, tanto na estrada, como na estrada e na cidade combinadas, será bem menor do que na cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.