Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

GM rejeita empresa fiduciária para Opel

NEGOCIAÇÃO

, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

A proposta do governo alemão de criar uma empresa fiduciária para reunir os ativos da Opel até encontrar um investidor definitivo enfrenta oposição do diretor executivo da General Motors (GM), Fritz Henderson, segundo a revista alemã Focus. De acordo com a publicação, a GM ofereceu como garantia ao governo e aos bancos americanos os centros de produção e as patentes de sua filial alemã, o que transformaria a Opel numa "casca vazia". A fórmula de uma sociedade fiduciária para os ativos europeus da GM tem como objetivo preservá-los de uma eventual concordata da matriz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.