seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

GM ultrapassa a Toyota e volta a ser a maior do mundo

A Toyota perdeu a liderança mundial de vendas de veículos para a gigante norte-americana General Motors no acumulado de janeiro a setembro, apesar de registrar crescimento de vendas de mais de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. A montadora japonesa comercializou 7,05 milhões de veículos, número levemente inferior ao obtido pela GM, de 7,06 milhões de unidades. Já as vendas da GM de janeiro a setembro cresceram 2,4%. A fabricante norte-americana retomou assim o primeiro lugar na venda de carros no mundo, depois que a Toyota fez história entre janeiro e junho ao desbancá-la como líder do setor, posição que ocupava havia 76 anos.O grupo japonês vendeu entre janeiro e junho 4,71 milhões de unidades, à frente dos 4,67 milhões da GM. Apesar dos resultados acumulados, alguns observadores do mercado internacional ainda apontam para uma liderança da Toyota, já que a GM só está à frente se incluídos os carros de uma fábrica chinesa na qual ela tem participação minoritária, a Saic Motors.A conta da Toyota inclui as unidades de carros compactos Daihatsu e da fabricante de caminhões Hino, nas quais possui mais de 50% de participação. A Toyota é a maior montadora do mundo em valor de mercado (US$ 190 bilhões, nove vezes o valor da GM). A empresa está a caminho de novo lucro recorde, impulsionado pelo aumento de vendas na Europa, China e mercados emergentes. BrasilNo Brasil, porém, a marca registra desempenho abaixo do mercado. Vendeu de janeiro a setembro 51,4 mil veículos, 6% a mais que em igual período de 2006, enquanto o mercado total cresceu 27,4%. Com 3,1% de participação nas vendas internas, a Toyota perdeu pontos no País e está na sétima posição no ranking, atrás das quatro grandes (Fiat, Volkswagen, GM e Ford), além de Honda e Peugeot. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.