GM vai cortar 5 mil postos de trabalho na América do Norte

Corte faz parte do plano anunciado para reduzir despesas para 2009 em aproximadamente US$ 15 bilhões

Efe,

31 de julho de 2008 | 02h01

A General Motors (GM) vai cortar cerca de cinco mil postos de trabalho em escritórios nos Estados Unidos e Canadá. O corte faz parte do plano anunciado este mês para reduzir suas despesas na América do Norte para 2009 em aproximadamente US$ 15 bilhões. O jornal The Wall Street Journal informou em sua edição eletrônica que o corte, que começará no final do ano, eliminará cinco mil dos 32 mil postos em escritórios da fabricante americana. No dia 15 de julho, a GM informou que reduziria em 20% os custos procedentes dos funcionários, mas se negou a cifrar o número de empregos que seria obrigada a eliminar. A divulgação do número de postos de trabalho que a GM vai cortar na América do Norte acontece dois dias antes de a fabricante anunciar os resultados financeiros do segundo trimestre do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
General MotorsAmérica do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.