Gnomos de jardim são liberados no maior festival de flores do mundo

Considerados bregas, anões foram enfeitados por celebridades para serem vendidos em leilão beneficente

20 de maio de 2013 | 15h02

LONDRES - O festival de flores de Chelsea, na Inglaterra, um dos maiores do mundo no gênero, abriu suas portas em pré-estreia um dia antes da abertura oficial pela rainha e o duque de Edimburgo.

Celebridades e outros convidados da Sociedade Real de Horticultura circularam pelas instalações na feira que funciona nos jardins do Hospital Real de Chelsea. O baterista dos Beatles Ringo Starr foi um dos presentes.

A centésima edição do festival começa oficialmente nesta terça-feira, 21. São esperados 165 mil visitantes.O príncipe Harry deverá comparecer para mostrar à rainha o jardim com temática africana que financiou.

Alguns dos jardins foram decorados com gnomos de jardim para serem leiloados em uma venda para caridade.

Os organizadores suspenderam temporariamente a proibição da inclusão de gnomos de jardim, considerados bregas, como parte das comemorações do centenário.

Mais de 100 gnomos decoradas por celebridades como Elton John, Dame Helen Mirren, Lilly Allen, Julian Fellowes e Dolly Parton serão leiloadas para a campanha de estímulo às escolas de jardinagem.

Tudo o que sabemos sobre:
gnomoanãojardimchelseafestivalflores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.