Gol ampliará operações na América do Sul

A Gol ampliará suas operações na América do Sul este ano, não importando o desenlace da crise da Varig. A afirmação foi feita nesta terça-feira pelo presidente da companhia aérea, Constantino Oliveira Júnior, durante exposição dos resultados da companhia no primeiro trimestre de 2006. "Os planos da Gol contemplam o crescimento na América do Sul, mantendo o mesmo modelo de negócios, de frota, de serviços e de atendimento ao cliente." A Gol é a primeira companhia aérea regular brasileira a operar no segmento de "baixos custos e baixas tarifas" e, segundo Oliveira Júnior, "está popularizando o transporte aéreo na América do Sul com bons serviços e baixos preços". Fora do País, a companhia voa para Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai. Este ano os serviços devem atender também o Chile e o Peru. Além desses novos endereços, a empresa também pretende ampliar as freqüências a Buenos Aires, Córdoba e Rosário, as três cidades argentinas atendidas pela Gol. Estratégia O presidente da Gol ressaltou que esses planos de expansão na América do Sul fazem parte de uma estratégia da companhia aérea e não da conjuntura gerada pela delicada crise da Varig. Prova disso é que a companhia não pretende criar rotas para os Estados Unidos, Ásia e Europa, mantendo o fofo apenas na América do sul. Lucro A Gol obteve no primeiro trimestre um lucro líquido recorde de R$179,8 milhões, resultado 37,2% superior ao do mesmo período de 2005. A taxa de ocupação de suas aeronaves foi de 70,6%. Novo projeto no México Sobre o projeto de criar uma companhia aérea de "baixo custo" no México em sociedade com o grupo local Investimentos e Técnicas Aeroportuárias (ITA), o vice-presidente financeiro de Gol, Richard Lark, disse que as duas companhias estão à espera da autorização das autoridades mexicanas. "É provável que antes de fim de ano comecem os vôos, se obtivermos a licença", indicou Lark.

Agencia Estado,

25 Abril 2006 | 16h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.