bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Gol anuncia compra de mais um Boeing

A Gol assegurou em maio a posição de terceira maior companhia aérea doméstica, com 12% do mercado. A companhia, que iniciou no Brasil o sistema de operação de menor custo e menor tarifa, decidiu comprar mais um Boeing, e vai fechar o ano com frota de 20 aviões. A informação é do gerente de contas da Gol, Eduardo Bernardes Neto, que participa hoje do evento "Os bem-sucedidos", promovido pela Bovespa.A Gol foi uma das empresas premiadas pela revista Banco Hoje e Bovespa como destaque de mercado por sua inovação. Segundo Bernardes Neto, a empresa não tem planos de abrir capital em breve, mas estuda o assunto.O números de transporte e índice de ocupação devem ser confirmados pelas estatísticas do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea). Bernardes Neto afirmou que não tem os números consolidados, mas estima que a Gol tenha transportado em maio 430 mil passageiros, 7% a mais do que em abril. Segundo ele, o índice de ocupação manteve-se acima de 60%, com destaque para os vôos para o Nordeste, principalmente Fortaleza.O executivo declarou que a partir de setembro, a Gol receberá mais cinco aviões: três Boeings 737-700 e dois 737-800. A companhia, que tem hoje 15 aeronaves, passará, portanto, a ter 20. Bernardes Neto declarou que a Gol avalia a possibilidade de aumentar as tarifas por causa do aumento do dólar e do reajuste nos combustíveis. "De fato, o dólar está pesando, mas ainda não decidimos reajustar as tarifas porque o índice de ocupação está bom", declarou. O executivo representou o presidente da Gol, Constantino de Oliveira Júnior, em almoço promovido pela Bovespa.

Agencia Estado,

07 de junho de 2002 | 16h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.