Gol anuncia lucro de R$ 73,4 milhões no segundo trimestre

A companhia aérea Gol anunciou nesta terça-feira um lucro líquido de R$ 73,4 milhões no segundo semestre, apenas 0,3% superior em relação ao mesmo período de 2004. A Gol, única linha aérea do país a operar no segmento de baixos custos e baixas tarifas, disse que sua receita bruta totalizou R$ 93,3 milhões, quantia 4,4% inferior em comparação com o período do ano passado. "A Gol é a companhia aérea que opera com os menores custos no mercado brasileiro e é líder mundial em termos lucrativos na indústria da aviação civil", disse em comunicado o presidente da empresa, Constantino de Oliveira Júnior.A receita líquida da empresa no segundo trimestre foi de R$ 562,2 milhões, 45,8% maior que no mesmo período de 2004. A linha aérea destacou que, apesar do segundo trimestre ser tradicionalmente o mais fraco no mercado da aviação brasileira, a taxa de ocupação de suas aeronaves subiu 3,6 pontos, para 72,6%.No trimestre, a Gol se consolidou como a segunda linha aérea nacional, com uma participação de 29% no total de passageiros transportados durante o mês de junho. A Gol começou a operar em janeiro de 2001 e, segundo seu presidente, a empresa vive um "círculo virtuoso", atribuído à sua expansão no Brasil e outros países sul-americanos:"Antes do fim do ano aumentaremos a freqüência em algumas rotas e começaremos vôos regulares para três novos destinos internacionais: Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), Montevidéu e Assunção", acrescentou Constantino. A companhia terminou o primeiro semestre com uma frota de 34 aviões Boeing 737 e pretende fechar o ano com 42 aviões operacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.