Gol divulga nota em resposta a investigação pela CVM

A Gol, por meio de comunicado, divulgou hoje que "se orgulha de sua estratégia de divulgação de informações ao mercado", em resposta à possibilidade de a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abrir um inquérito para apurar falhas da empresa aérea na prestação de informações sobre um possível fechamento de capital e sua composição acionária. A Gol já é alvo de inquérito sobre compra da Varig, concluída em abril do ano passado por US$ 320 milhões. Segundo a Gol, a empresa se destaca como uma das que se comunica com maior freqüência com o mercado e tem sido premiada por seu "programa de relações com investidores pró-ativo e inovador". A nota, a companhia aérea ainda "esclarece que não se permite realizar divulgações incorretas ou incertas que possam resultar em maior volatilidade de suas ações e prejudicar seus investidores". Para a Gol, "determinadas matérias recentemente veiculadas aparentam ter sido sugeridas por terceiros sem acesso a qualquer informação material, apenas de cunho especulativo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.