Gol e Vasp manterão preços de passagens aéreas

O presidente da Gol Linhas Aéreas, Constatino de Oliveira Júnior, disse hoje que a liberação das tarifas aéreas é interessante para o mercado, mas que a empresa não vai mudar sua política tarifária, mantendo os preços atuais. "A possibilidade de flexibilização é muito boa para todos", disse. Segundo ele, a Gol obteve uma aceitação muito boa nos vôos de Recife, que começaram a operar anteontem. "Já estamos com vôos lotados para essa cidade", disse, acrescentando que para Campinas, outra nova rota que começou anteontem, a ocupação foi "razoável".Constantino informou que o próximo destino da Gol será Curitiba, que deverá operar a partir de maio. A Gol tem seis Boeings 737-700 e vai receber a próxima aeronave em maio. Até outubro serão dez Boeings. Ele afirmou também que a Gol manterá a política de não informar números de faturamentos e custos, considerados estratégicos para a empresa neste momento.VaspA Vasp informou, por meio da assessoria, que também vai manter o atual preço dos bilhetes, mesmo com a liberação da tarifas anunciada ontem pelo governo para os principais trechos do País. De acordo com a empresa, as tarifas livres eram uma antiga reivindicação e serão extremamente benéficas para todo o setor. A Vasp manterá a sua política comercial que, segundo a empresa, tem conseguido taxa de ocupação média nos vôos de 64%.

Agencia Estado,

05 de abril de 2001 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.