Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Gol enfrenta instabilidade em site e aplicativo

Empresa afirma não ter sofrido ataque cibernético e que problema decorre de problemas na manutenção em suas plataformas

Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2021 | 14h43

O site da companhia aérea Gol está instável desde o fim de semana, com vários passageiros relatando, na internet, problemas para mudar seus voos, comprar passagens e realizar check in. A empresa afirma que não sofreu nenhum atentado hacker - na última semana, um ataque cibernético tirou o site de compras da loja Renner do ar.

Nos últimos dias, a Gol realizou uma manutenção no seus sistemas de vendas e comunicou antecipadamente que seus canais digitais ficariam indisponíveis entre 19h do sábado e 12h de domingo. Até esta terça-feira, 24, porém, as plataformas não foram regularizadas.

Clientes afirmam que não conseguem realizar nenhum procedimento no site e que precisam aguardar por horas para ter um atendimento por telefone. Pela internet, o tempo de espera para ser atendido ultrapassa duas horas e meia, ainda de acordo com relatos. Na tarde desta terça, o site da empresa informava que o tempo de espera médio era de uma hora e três minutos.

Por nota, a assessoria de imprensa da Gol afirmou que enfrentou “instabilidades pontuais” durante a manutenção de seus sistemas no fim de semana e que está “atuando para minimizar os impactos”. A companhia destacou ainda que o problema nas plataformas eletrônicas não afeta a operação de voos. 

Tudo o que sabemos sobre:
GOL Linhas Aéreas Inteligentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.