Gol oferece possibilidade de troca de passagem no dia da greve geral

Paralisação convocada para esta sexta feira, 28, por centrais sindicais tem como objetivo protestar contra as reformas trabalhista e da Previdência

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2017 | 21h42

Diante do anúncio de paralisação dos aeroviários em vários aeroportos do País, na próxima sexta-feira, a empresa aérea Gol abriu a possibilidade de os passageiros anteciparem ou adiarem suas viagens, sem custo, para serem submetidos a transtornos. "Em função da eventual greve anunciada para o próximo dia 28 de abril, os clientes da GOL com voo marcado para essa data, e que desejarem remarcar sua viagem (antecipar ou postergar), poderão fazê-lo sem custo pelos canais de atendimento online ou pelo número 0800 704 0465", disse a Gol, em nota enviada ao jornal Estadão pela assessoria de imprensa da empresa.

A greve geral convocada para a sexta-feira pelas centrais sindicais e movimentos sociais é um protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo Michel Temer e que estão em votação na Câmara. Nesta quarta-feira, a mobilização ganhou força com a adesão dos aeroviários dos principais aeroportos do País e também dos funcionários dos Correios. A principal mobilização dos aeroviários está prevista para acontecer nos aeroportos de Guarulhos e Congonhas, em São Paulo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.