finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Gol tem lucro 60% maior no 2º tri com créditos da Varig

Considerando as normas contábeis dos EUA, porém, companhia tem prejuízo de R$ 35,37 milhões no período

Alberto Alerigi Jr., da Reuters,

09 de agosto de 2007 | 08h21

A companhia aérea Gol divulgou na madrugada desta quinta-feira, 9, aumento de 60% no lucro líquido do segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com normas da legislação contábil brasileira.  A Gol, que adquiriu a Varig nesse período por R$ 558,7 milhões, reconheceu como créditos fiscais R$ 200 milhões na aquisição da empresa, fechando o trimestre passado com lucro líquido de R$ 157 milhões, ante R$ 98,17 milhões um ano antes.  Pela legislação norte-americana, entretanto, a companhia amargou prejuízo de R$ 35,37 milhões, revertendo lucro de R$ 106,69 milhões obtido no segundo trimestre de 2006.  "O prejuízo (pela legislação dos EUA) foi resultado da incorporação dos resultados da Varig..., atrasos imprevisíveis e cancelamentos inesperados, que suprimem a demanda, e também de uma alta exposição do assunto na imprensa, reduzindo as taxas de ocupação", informou a companhia em comunicado ao mercado referindo-se à crise do setor aéreo brasileiro. Apesar disso, a receita líquida da companhia subiu 36,4% no período, para R$ 1,15 bilhão.  O lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e leasing de aeronaves (Ebitdar, na sigla em inglês) caiu 67,4%, para R$ 72,2 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Gollucro de empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.