Goldman Sachs manda comprar ações da Vale

A Goldman Sachs elevou sua recomendação sobre as ações da Companhia Vale do Rio Doce de "marketweight" (peso do mercado) para "overweight" (sobrepeso). Em nota, o banco de investimento informou que a decisão vem após uma acentuada queda das ações na segunda-feira e um declínio total de 29% dos papéis, desde o fim de maio. A Goldaman sugeriu que, no nível atual, a ação ganhou atratividade. "A Vale se beneficia da melhoria de fundamentos globais, como indicado por nossos economistas, e está mais exposta à Ásia, que tem mostrado forte crescimento, enquanto também se beneficia da desvalorização do real", disse a Goldman. Às 13h30 (de Brasília), os papéis da Vale em Nova York subiam 1,4%, cotados a US$ 23,15.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.