Goldman Sachs tem queda de 53% no lucro do 4o trimestre

O Goldman Sachs divulgou nesta quarta-feira uma queda de 53 por cento no lucro trimestral, atingido por resultados menores com operações com renda fixa.

REUTERS

19 de janeiro de 2011 | 12h11

As ações do banco recuavam no pré-mercado em Nova York, antes da abertura do pregão regular.

O lucro líquido do banco no quarto trimestre depois do pagamento de dividendos para os detentores de ações preferenciais somou 2,23 bilhões de dólares, ou 3,79 dólares por ação, ante 4,79 bilhões de dólares, ou 8,20 dólares por ação, um ano antes.

Analistas esperavam lucro de 3,76 dólares por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O Goldman Sachs informou que a receita líquida caiu 10 por cento, para 8,64 bilhões de dólares, ante uma estimativa média dos analistas de 9 bilhões de dólares.

A receita líquida com renda fixa, câmbio e commodities caiu 39 por cento em relação ao terceiro trimestre, para 1,64 bilhão de dólares, refletindo o que o banco chamou de "nível baixo de atividade de clientes".

Ainda assim, o presidente-executivo do banco, Lloyd Blankfein, afirmou em comunicado que a instituição financeira está "vendo sinais de crescimento e de mais atividade econômica" após um ambiente de mercado e condições econômicas "difíceis" na maior parte de 2010.

(Por Jonathan Stempel)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSGOLDMANRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.