Goodyear fabricou pneus defeituosos

Mais um fabricante de pneus vira notícia em razão de defeitos em seus produtos. A bola da vez agora é a Goodyear. Problemas de separação da banda de rodagem nos pneus da empresa podem ter provocado a morte de oito pessoas em acidentes automobilísticos. A denúncia foi divulgada ontem pelo jornal Los Angeles Times. Esses acidentes são similares aos ocorridos com os pneus da Firestone, acusados de terem causado a morte de 119 pessoas, o que levou a companhia a realizar um recall de 6,5 milhões de unidades nos Estados Unidos. As informações dão conta de que a Goodyear constatou um problema "alarmante" nos pneus há cinco anos.Foram feitos reforços nos modelos de aro 16, incluindo os populares Wrangler AT e HT, que equipam caminhonetes e outros veículos 4x4. Porém, milhões de unidades vendidas não foram retiradas de circulação. Segundo o jornal, a companhia fez acordos com cerca de 20 usuários que reclamaram. As informações sobre o assunto foram mantidas em sigilo.Segundo a Goodyear, após ter recebido um grande número de reclamações em 1995, realizou extensivos testes. Como não foi detectado nenhum problema, as autoridades não foram informadas, justificou a empresa. A companhia afirmou que não se vê obrigada a realizar um recall como a Firestone. A National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), órgão que regulamenta as normas de segurança de trânsito nos EUA, disse que tem registro de 59 queixas de acidentes com pneus Goodyear, um com vítima fatal. A entidade promete acompanhar o caso.FordA Ford anunciou que o modelo Explorer 2002 virá equipado com um novo tipo de airbag lateral. O dispositivo deverá reduzir o risco de o motorista ou outros passageiros serem arremessados para fora do carro em caso de acidente. O Explorer tem sofrido severas críticas por falta de estabilidade, além de ser o principal veículo envolvido nos acidentes com os pneus Firestone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.