Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Goodyear sofre derrota em ação de indenização

A fabricante de pneus Goodyear do Brasil sofreu novo revés esta semana em ação milionária movida por vítima de acidente de carro equipado com pneus da marca, que corre há cinco anos nos tribunais paulistas. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) decidiu manter a hipoteca judiciária de quatro imóveis da empresa, incluindo a fábrica e a pista de testes em Americana (SP), mesmo após recurso que pretendia trocar essa forma de garantia pela carta de fiança. A hipoteca impede que o dono dos imóveis se desfaça dos bens, com o objetivo de garantir o pagamento da condenação judicial.Em julho do ano passado, a Goodyear foi condenada, em primeira instância, a pagar cerca de R$ 2 milhões ao advogado Alberto Whately Neto. Whately moveu ação de indenização por danos morais e materiais contra a companhia depois de sofrer um acidente causado por estouro de um pneu de fabricação da marca. O acidente, em janeiro de 1996, deixou o advogado tetraplégico. A decisão aponta que a prova pericial e as notícias de que o modelo do pneu apresentava defeito de fabricação mostraram que houve culpa da Goodyear pelo acidente.Tanto a Goodyear - que questiona os laudos da perícia que demonstraram defeito de fabricação no pneu - quanto Whately, que considera o valor da indenização insuficiente, recorreram da sentença. A Goodyear informou, por meio da assessoria de imprensa, que a sentença não é definitiva e que a hipoteca judicial é ?conseqüência natural de qualquer sentença judicial?. A empresa afirmou que está adotando as medidas legais para adequar o valor da garantia (hipoteca) ao valor da eventual condenação, que ainda depende de revisão pelos tribunais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2008 | 09h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.