Divulgação
Divulgação

GoPro, dona da câmera mais vendida no mundo, vai abrir o capital

Câmera inventada por surfista que queria filmar suas aventuras conquistou adeptos dos esportes radicais

Jefferson Graham, USA Today

25 de junho de 2014 | 17h16

A GoPro, minúscula câmera amada por surfistas, skatistas, ciclistas, mergulhadores e outros entusiastas dos esportes radicais, está convidando seus fãs para participarem de seu sucesso - como investidores. 

A empresa, que está no topo do ranking das câmeras mais vendidas no mundo, segundo pesquisa da consultoria IDC, deve iniciar a venda de ações ao público esta semana. E espera arrecadar US$ 400 milhões com a venda de 17,8 mil ações a preços entre US$ 21 e US$ 24 por ação.

A empresa oferece apenas um design de câmera compacta, que pode ser presa a pranchas de surf, capacetes e até a equipamentos de mergulho. As imagens de esportes radicais captados pela câmara fazem seu próprio marketing em vídeos postados os atletas do mundo inteiro.

Leia também: As incríveis imagens da câmera mais vendida no mundo

A câmera custa de US$ 199 a US$ 399 e já virou presença obrigatória em qualquer evento esportivo. Jeff Glass, dono da loja de Surf Rider Shack e Skate em Los Angeles, vende apenas câmeras GoPro em sua loja."Meus clientes são muito específicos sobre o desejo da GoPro", diz ele. 

A GoPro lidera o mercado com 30,4% de participação nas vendas totais de câmeras de vídeo, com cerca de 4,1 milhões de unidades vendidas em 2013, 20,8%a mais que a segunda colocada, da Sony, de acordo com a IDC. 

A empresa foi fundada por Nick Woodman, um surfista que queria descobrir uma maneira de capturar alguns dos o cenários dinâmicos que encontrava quando surfava, sem arruinar as câmeras.

Em 2009, a câmera GoPro Hero de alta definição chegou ao mercado e garantiu o sucesso da empresa. A Hero 3 +, mais recente modelo, vendido por US$ 399, agora pode disparar 4K de imagens de vídeo, com uma resolução quatro vezes maior que a câmera de vídeo de alta definição.

"Nossos clientes estão crescendo", disse Woodman. "Eles gostam de compartilhar seus vídeos, e é impossível compartilhar sem alguém perguntar 'Como você fez isso?'. E a resposta é sempre a mesma: 'com a GoPro".

Tudo o que sabemos sobre:
GoPro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.