Free Images
Free Images

Gosta do trabalho? Veja os profissionais mais insatisfeitos

Levantamento da comunidade de carreiras Love Mondays mostra que carteiros são os mais insatisfeitos com o cargo, enquanto jovens aprendizes lideram o grau de satisfação no trabalho

O Estado de S. Paulo

25 de abril de 2015 | 07h00

Enquanto carteiros, agentes de correio e operadores de telemarketing são os profissionais mais insatisfeitos com seus cargos, jovens aprendizes, trainees e estagiários, mesmo ocupando cargos de início de carreira, demonstram mais satisfação com o trabalho. Foi o que apontou uma pesquisa da comunidade de carreias Love Mondays, que indicou o grau de satisfação de funcionários com os cargos que ocupam.

Segundo a CEO da Love Mondays, Luciana Caletti, o levantamento mostra que os profissionais em início de carreia são os mais satisfeitos com seu trabalho. 


"Isso provavelmente se deve ao investimento que as empresas fazem no desenvolvimento de jovens talentos e também à empolgação do profissional no início de sua carreira”, explica Caletti. “Em contrapartida, os profissionais mais insatisfeitos com o seu trabalho são aqueles que ocupam cargos mais operacionais", completa.

Pesquisa. Realizado em março deste ano a partir de 14.107 opiniões de profissionais cadastrados no portal Love Mondays, o levantamento identificou o grau de satisfação dos trabalhadores com os cargos que ocupam a partir de cinco indicadores: satisfação geral no trabalho, satisfação com remuneração e benefícios, oportunidades de carreira, cultura da empresa e qualidade de vida.

A satisfação foi avaliada em escala que pode variar de 1 a 5 pontos, sendo que 1 representa um profissional ‘muito insatisfeito’ e 5 um profissional ‘muito satisfeito’. Os cinco cargos que apresentaram o maior grau de satisfação foram jovem aprendiz (3.85), trainee (3.82), estagiário (3.79), consultor de vendas (3.76) e consultor sênior (3.75).

Confira uma lista a seguir com os cargos com os profissionais mais insatisfeitos:

Top 5 da insatisfação
Escala da satisfação varia de 1 a 5 pontos, sendo que 1 representa um profissional ‘muito insatisfeito’ e 5 um profissional ‘muito satisfeito’

Mais conteúdo sobre:
Carreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.