Governadores de bancos centrais asiáticos se reúnem

O governador do banco central da Indonésia explicou que é preciso esforços para manter a estabilidade

EFE,

21 de março de 2008 | 06h44

Os governadores dos bancos centrais dos países do Sudeste Asiático, mais Coréia do Sul e Taiwan, iniciaram nesta sexta-feira em Jacarta sua reunião anual, que se centrará na fraqueza do dólar e na instabilidade que afeta o sistema financeiro internacional. O governador do banco central da Indonésia, Burhanuddin Abdullah, explicou em entrevista coletiva que dada a incerteza no panorama mundial é preciso fazer esforços para manter a estabilidade macroeconômica. Os economistas dizem que o arrefecimento da economia americana e a fraqueza do dólar afetarão as projeções de crescimento econômico na Ásia, cujos países, em geral, dependem fortemente de suas exportações para os Estados Unidos. A cotação atual do dólar frente ao euro é a mais baixa desde que a divisa única européia entrou em vigor e seu câmbio perante o iene atingiu o valor mínimo dos últimos 13 anos. A Organização para a Cooperação Econômica e o Desenvolvimento (OCDE), que representa os 30 países mais industrializados do mundo, disse ontem que os EUA "está basicamente estagnado".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.