Governo acompanha bolsas e agirá quando necessário, diz Bush

Presidente norte-americano afirma que país enfrenta 'momento de desafio' e apóia ações do Federal Reserve

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

17 de março de 2008 | 11h42

O presidente norte-americano George W. Bush deu garantias nesta segunda-feira, 17, de que os mercados financeiros continuarão funcionando, acrescentando que os Estados Unidos estão monitorando a situação. Veja também:BCs injetam recursos para socorrer bancosBovespa cai mais de 4%, acompanhando mercados mundiaisCrise no mercado global está maior, diz diretor-gerente do FMIJPMorgan compra o Bear Stearns por US$ 236 milhões Entenda a crise nos Estados Unidos   O sobe e desce do dólar Veja os efeitos da desvalorização do dólarJPMorgan e Fed intervêm para socorrer seguradora dos EUA   "Uma coisa é certa, enfrentamos um momento de desafio", disse Bush a repórteres após se reunir com seus principais assessores econômicos. "Os Estados Unidos estão monitorando a situação". Bush disse apoiar a ação do Fed, ao comentar sobre as medidas tomadas no domingo pelas autoridades monetárias e a compra do Bear Stearns pelo JPMorgan. "O Fed moveu-se rapidamente para colocar os mercados financeiros em ordem", afirmou. O presidente dos EUA disse ainda que as "instituições financeiras norte-americanas são sólidas e que os mercados de capitais funcionam eficientemente e efetivamente".

Tudo o que sabemos sobre:
Crise nos mercadosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.