Governo adia licitação de portos para julho

O governo adiou de janeiro para julho deste ano o início da implantação do novo modelo para a realização de dragagem dos portos federais. Em agosto de 2007, o governo havia divulgado um cronograma que previa a publicação, em janeiro, do edital para a licitação da dragagem do porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul e em maio, o edital para o porto de Santos, no litoral paulista. Hoje, porém, o governo anunciou que o edital do Rio Grande só deverá sair em 31 de julho e o de Santos, em 31 de agosto. Apesar desse adiamento, o governo antecipou a data para a publicação dos editais de dois outros portos: Itaguaí (RJ) que passou de outubro para 31 julho e o de Recife (PE) que passou de setembro para 31 de julho. Os demais sete portos que entrarão no programa tiveram seus cronogramas mantidos. O novo modelo aprovado pelo governo no ano passado prevê a realização de uma licitação internacional para a escolha da empresa que fará a dragagem. Outra novidade é que o contratado ficará responsável pela manutenção das condições do leito do porto, por um prazo de cinco anos, prorrogável por mais um.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.