Governo amplia margem de renegociação da dívida rural

Margem possível de regenegociação das operações no âmbito do BNDES passará de 10% para 20%

FABIOLA SALVADOR, Agencia Estado

13 de novembro de 2008 | 18h02

O governo ampliou de 10% para 20% a margem possível de renegociação das operações rurais de investimento no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). É esse porcentual que os bancos que operam as linhas do BNDES poderão renegociar as dívidas dos produtores. Os 10% anteriores já estavam previstos na Medida Provisória (MP) 432, transformada na Lei 11.775.Em Mato Grosso e no Rio Grande do Sul, a margem foi mantida em 60%. Esse porcentual também vale para os municípios dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, onde foi decretado estado de emergência nas safras 2003/04 e 2004/05.

Tudo o que sabemos sobre:
dívida ruralBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.