Governo amplia prazo para parceria em Belo Monte

Governo amplia prazo para parceria em Belo Monte

Em meio às pressões para mudança nas regras do leilão da usina de Belo Monte (PA), o governo deu mais prazo para os investidores procurarem a Eletrobrás e fechar os consórcios que vão entrar na disputa. O prazo terminava ontem, mas foi adiado para as 17h de 7 de abril. A holding disponibilizou as subsidiárias Eletronorte, Furnas, Eletrosul e Chesf para parcerias. Segundo o presidente da Eletrobrás, José Antonio Muniz Lopes, apenas o consórcio liderado pela Andrade Gutierrez havia proposto sociedade. /

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.