Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Governo anuncia as quatro prioridades do Plano Plurianual

Reduzir a vulnerabilidade externa, fazer grandes investimentos em infra-estrutura, reduzir as desigualdades regionais e constituir um mercado de massas são as quatro prioridades do Plano Plurianual para o período de 2004-2007. Segundo disse o ministro do Planejamento, Guido Mantega, no intervalo da reunião ministerial, essas prioridades serão utilizadas como orientação estratégica para o desenvolvimento do Brasil nos próximos quatro.A redução da vulnerabilidade externa, segundo ele, está baseada no fortalecimento do setor exportador e da substituição das importações. Mantega afirmou que a necessidade de grandes investimentos em infra-estrutura é que vai garantir o aumento das exportações, o crescimento econômico, o aumento do PIB, a redução das desigualdades regionais.Quanto à constituição de um mercado de massa, o ministro informou que o objetivo é incluir um conjunto considerável da população no processo de consumo, de modo a estimular os investimentos e aumentar a produção nacional. "Pretendemos estimular a criação de um círculo virtuoso onde o mercado de massa terá um papel importante no desenvolvimento do País", afirmou.O secretário-geral da Presidência, Luiz Dulci, afirmou que essas prioridades serão o ponto de partida para o diálogo com a sociedade e serão discutidas nas 27 audiências públicas sobre o PPA em cada um dos Estados brasileiros. O plano está disponível no site do Ministério do Planejamento (www.planejamento.gov.br).

Agencia Estado,

19 de maio de 2003 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.