Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Governo anuncia nesta quinta medidas para reduzir spread

Ministro do Planejamento confirma que CMN vai discutir e divulgar diversas ações ainda nesta quinta

Célia Froufe, da Agência Estado,

26 de março de 2009 | 12h39

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, confirmou nesta quinta-feira, 26, que o Conselho Monetário Nacional (CMN) discutirá e anunciará várias medidas, ainda hoje, para reduzir o spread bancário.

 

Veja também:

linkJuros para empresas e consumidores caem em fevereiro

 

Ele informou, no entanto, que medidas sobre a possibilidade de mudanças na forma de cálculo do rendimento da poupança ainda não estão no radar. "Precisamos primeiro decidir se haverá mudança", afirmou, ao chegar no Ministério da Fazenda para participar da reunião do CMN.

 

Bernardo comentou também com os jornalistas que a pauta de discussões da reunião é extensa. Questionado sobre se haverá redução da Taxa de Juro de Longo Prazo (TJLP), atualmente em 6,25% ao ano, o ministro desconversou: "Vai ter isso também?".

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraJurosCrédito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.