Governo anuncia plano e ações da Alitalia sobem 22%

Os controladores da Alitalia, entre eles o governo da Itália, e os sindicatos de funcionários, acertaram um acordo para salvar a companhia aérea. O governo, que tem uma participação de 62% na empresa, anunciou um plano com cinco pontos básicos, que incluem a substituição de membros da direção, a atração de novos investidores e a reorganização da estrutura corporativa. No entanto, ainda não está claro se o plano envolve as medidas drásticas de demissões, consideradas necessárias para a recuperação. Com o acordo e o anúncio do governo, as ações da Alitalia sobem 22%, para 0,25 centavos de euro, na Bolsa de Milão.Os detalhes do plano de salvação da empresa foram considerados paliativos, mas, segundo operadores, os especuladores decidiram voltar a tomar posição na empresa. Os papéis e títulos da Alitalia estavam suspensos desde terça-feira, depois que o governo informou que a empresa estava perto de uma situação de insolvência com uma liquidez de apenas 200 milhões de euros. A Alitalia vinha perdendo cerca de 50 mil euros por hora, diante da capacidade excessiva e de uma série de greves de funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.