Governo anunciará medidas para microcréditos na quarta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá anunciar, na próxima quarta-feira, medidas para facilitar o acesso a microcréditos para pessoas físicas. A informação foi dada ao Estado pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, que participou no Egito de uma reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC). Sem querem detalhar como o crédito será oferecido, o ministro afirmou que o objetivo da medida será atingir um milhão de brasileiros, que potencialmente poderão se tornar microempresários. No total, o governo destinará R$ 1 bilhão para o programa, que deve oferecer em média R$ 1 mil aos que estiverem interessados em participar da iniciativa. Furlan garante que a taxa de juros cobradas por esse mecanismos será "módica" e que o objetivo da política do governo é o de ajudar a "reativar a economia". "Com o microcrédito a pessoas físicas, podemos ajudar a reduzir o desemprego", afirmou o ministro, que já está no Kuwait. A idéia do governo é de que uma pessoa possa pedir o crédito, por exemplo, para a compra de uma máquina que lhe servirá para iniciar uma pequena produção. Outra possibilidade seria de que esses recursos fossem usados para que pequenos projetos possam ser iniciados. Furlan explica que os créditos serão oferecidos a todos que preencham condições mínimas e que o governo não limitará o dinheiro com baixo custo a projetos direcionados a uma ou outra direção que tenha sido priorizada pelas autoridades. "Será uma medida que estará aberta a todas as iniciativas", concluiu o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.