Governo apresenta números da balança comercial ao FMI

O secretário-adjunto de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Meziat, apresentou ontem à missão do Fundo Monetário Internacional (FMI), os números sobre a balança comercial brasileira. O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, reafirmou na manhã de ontem que o governo trabalha com a expectativa de fechar 2005 com um volume de exportações de US$ 100 bilhões. Conforme um dos integrantes da missão, os números apresentados pela equipe de Furlan "são impressionantes". Hoje, os integrantes da missão concluem o trabalho da penúltima revisão dos termos do acordo assinado com o governo brasileiro.A visita é a penúltima do acordo assinado pelo Brasil, que termina em março de 2005, e fica em Brasília até o 10 de novembro. O grupo vai apenas fazer a revisão do acordo e verificar as metas fiscais até setembro, todas cumpridas. A aprovação da revisão pela diretoria do Fundo dará direito ao governo brasileiro de sacar cerca de US$ 1,3 bilhão. Mas o Brasil deve manter a postura adotada ao longo deste ano e não sacar o

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.