Governo argentino tem dificuldades para elaborar orçamento

O vice-ministro de Economia, Oscar Lamberto, admitiu que o governo está com "dificuldades" para elaborar o orçamento de 2002, devido à falta de números precisos para projetar o nível de arrecadação fiscal. Porém, o vice-ministro acredita que, em duas semanas, a equipe econômica já terá uma estimativa para que o projeto de orçamento possa ser enviado ao Congresso. Oscar Lamberto denunciou lobbies e um complô contra o programa econômico do governo, porque "há muitos interesses em jogo".Segundo Lamberto, "quando se sai de um programa monetário e começamos a andar em outro caminho, se alteram as relações de entrada de dinheiro e todos saem, legitimamente, a defender suas posições". A entrevista de Lamberto foi concedida ao programa Dos Voces, do canal de TV a cabo, TN Todo Notícias, um dos mais respeitados no país.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.