Governo atende OMC e reduz cota de pneus do Mercosul

O governo reduziu à metade as cotas de importação de pneus usados ou remoldados, originários do Uruguai e do Paraguai (países membros do Mercosul). Resolução nesse sentido, da Câmara de Comércio Exterior (Camex), foi publicada hoje no Diário Oficial da União. A medida entra em vigor hoje e vencerá em 30 de abril. A decisão, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, atende as recomendações da Organização Mundial do Comércio de uniformizar a proibição da importação de pneus usados. As cotas foram reduzidas para 84 mil unidades do Uruguai e 82 mil do Paraguai.

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

14 de janeiro de 2009 | 14h19

Tudo o que sabemos sobre:
pneusOMC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.